A Dynavector é um produtor de cabeças de leitura de bobina móvel (vulgo moving coil) de altíssima qualidade, possuindo profundos conhecimentos teóricos e alta tecnologia de produção desde há trinta anos.
A Dynavector desenvolveu uma cabeça de leitura que, independentemente do seu preço, soa melhor que qualquer leitor de CD, por mais sofisticado que este seja. As vendas crescentes do vinil, nos últimos dez anos, provam que a qualidade prevalece a longo prazo.
As inovações introduzidas na conceção das cabeças de leitura provam que o som extraído dos discos de vinilo tem muito mais potencial musical que qualquer CD. A conceção da agulha, do diamante, da suspensão, etc. é quase perfeita do ponto de vista dinâmico em todos os modelos da gama Dynavector, conferindo uma notoriedade mundial à marca. Outro factor importante na performance de uma agulha, constantemente esquecido, o relativo às interferências entre o circuito magnético e o sistema vibratório, foi estudado e desenvolvido pela Dynavector.
Através de cálculos e experiências, foi provado que mesmo um pequeno desvio de fluxo deforma de maneira significativa a força magnética, afectando a distorção de intermodulação no sinal de saída, quando são utilizados ímanes de alta energia que permitem um nível de saída elevado. O modelo XX-2 foi o primeiro modelo a possuir o flux damper e o softened magnetism, a fim de evitar esta flutuação magnética não desejada.
Todas as cabeças de leitura da nova série (MK II) possuem igualmente as inovações já referidas, introduzidas no nosso modelo topo de gama desde a primeira versão.
Com as recentes inovações introduzidas, acreditamos que praticamente todos os discos de vinil, novos ou velhos, são capazes de reproduzir a música de uma forma perfeitamente natural, incapaz de se obter através de um CD.


Cabeças de Gira-Discos

Braços